Algumas propostas na escrita do galego reintegrado

O galego reintegrado vem-se regulando como norma a partir das propostas da AGAL. Porém, pensamos que há alguns casos em que se poderia dar um passo adiante, sem chegar a escrever em português, de uso 


NORMA AGAL
NOVA PROPOSTA
EXEMPLOS
NOTAS
–ão
–ão
chão, irmão, tão, grão, fão, cão, pão, etc.
Desta maneira mantem-se o binómimo –án/–ón, onde o primeiro elemento se escreve sempre –ão mas pronuncia-se /’an/
–ám
umha
uma
uma, alguma, nenguma
O dígrafo pode ser perfeitamente evitado, porque a pronúncia galega é sempre velar.
figem, fijo
fizem, fezo

As formas com seriam pronunciadas com /š/
quijem, quijo
pugem, pujo
quisem, quiso
pusem, pôso

As formas com som também pronunciadas com /š/
fijo, pujo, tivo, estivo
fezo, pôso, tevo, estevo

A metafonia na 3PS destes verbos no pretérito existe em eonaviego e coincide com a se dá em portugués.
–aches
–iches
–ache
–eche
–iche
falache
bebeche
partiche
Respeitar-se-ão as três conjugações na 2PS do pretérito regular, ademais sem –s final

Ningún comentario: